domingo, 22 de abril de 2012

A força, a lei e o amor.


Consideremos três fundamentos das relações globais:

a força,
a lei e
o amor.




Podemos imaginar que o amor seja completamente utópico, mas vamos avaliar as alternativas.

Se não optarmos pelo amor, só nos restará a lei e a expectativa de uma estagnação burocrática mundial.

Se não optarmos pela lei, disporemos somente da força, com seu potencial de devastação ou dominação global.

Se valorizamos nossa liberdade e vitalidade como espécie, somos compelidos a nada menos do que aprender a amar uns aos outros, como uma família humana.

Duane Elgin

Um comentário:

  1. A importância de se amar...
    Amar o outro como a si mesmo, já dizia o grande Mestre.

    ResponderExcluir